Um Mundo Brilhante

Capa Mundo BrilhanteObra: Um Mundo Brilhante
Título originalThis Glittering World
Autora: T. Greenwood
Cliente: Editora Novo Conceito
Ano de publicação: 2011

 

Detalhes da tradução:

Um Mundo Brilhante é um livro que tem os personagens construídos de maneira um pouco diferente do habitual. Geralmente os autores promover a identificação com o protagonista e outros personagens, fazendo com que o leitor “torça” por eles para que cumpram seus objetivos e consigam aquilo que procuram. Em Um Mundo Brilhante, entretanto, o efeito é inverso: é o tipo de livro onde você sente vontade de agarrar o protagonista pelo pescoço e lhe dar uma boa chacoalhada enquanto manda que acorde para a vida… será que não vê que suas atitudes vão levá-lo por um caminho cada vez mais sofrido e tortuoso? Bem, aparentemente… ele não percebe. E o a história acaba causando no leitor uma resposta emocional diferente (mas nem por isso menos válida) daquela que habitualmente ocorre ao ler um romance deste tipo.

 

Sinopse oficial:

Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato.

Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática.

Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu.

Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos.

Comentários estão fechados.